Recuperação de vegetação nativa do Pantanal em debate!

Inicio » Noticias » Reservas de agua disponibles desde las montañas hasta el mar » Ríos y lagos » Recuperação de vegetação nativa do Pantanal em debate!
Noticias

A Wetlands International Brasil e o Centro de Pesquisa do Pantanal participarão amanhã (26), às 14:30 (MS) da mesa-redonda Recuperação da Vegetação Nativa. Online, o evento poderá ser acompanhado no canal do Youtube CI-Brasil.

 

O evento tem como objetivo, debater os principais desafios e oportunidades para implementação de políticas, programas e projetos de recuperação da vegetação nativa em todos os biomas brasileiros. É organizado pela Conservação Internacional Brasil, dentro do Projeto Paisagens Sustentáveis da Amazônia.

Das diferentes iniciativas para a implementação da Politica Nacional para a Recuperação da Vegetação Nativa, de 2017, no âmbito do Projeto GEF Terrestre – Estratégias de Conservação, Restauração e Manejo para a Biodiversidade da Caatinga, Pampa e Pantanal, haverá uma mesa-redonda com a participação de Áurea Garcia, coordenadora de política da Wetlands Internacional Brasil e diretora geral da Mupan – Mulheres em Ação no Pantanal, ao lado de Cátia Nunes da Cunha, pesquisadora do Centro de Pesquisa do Pantanal e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Áreas Úmidas.

“Será um momento para abordar um pouco sobre os desafios, gargalos e oportunidades que temos enquanto experiência em ações de restauração e recuperação da vegetação de áreas úmidas, principalmente no que diz respeito ao Pantanal”, enfatiza Áurea Garcia.

Na ocasião, terão a oportunidade de apresentar um pouco da realidade dos trabalhos em prol da preservação e recuperação do bioma Pantanal e contextualizar os seus trabalhos – pesquisas e ações – dentro da Década de Restauração, instituída pela ONU (Organização das Nações Unidas).

“É um momento de olhar à emergência da restauração e, no caso da Wetlands International, tem na sua intenção estratégica de 2020 a 2030 destaca a restauração de áreas úmidas, no sentido de garantir a saúde, serviços e a conectividade desses ambientes tão necessários para o regulação climática do planeta.”

A mesa-redonda no webinar terá início às 14h30 (MS), às 15h30 (Brasília). Para acompanhar a transmissão, basta acessar o canal da CI – Brasil, no YouTube.