Para dar visibilidade a Reserva da Biosfera Pantanal, prêmio continua aberto até 15 de abril

Inicio » Noticias » Ríos y lagos » Reservas de agua disponibles desde las montañas hasta el mar » Para dar visibilidade a Reserva da Biosfera Pantanal, prêmio continua aberto até 15 de abril
Noticias

Fazendas, comunidades e associações com práticas sustentáveis podem se inscrever

Reconhecido como Reserva da Biosfera em 2000 pela Unesco, o Pantanal é a maior área úmida contínua do planeta e possui grande biodiversidade em toda sua extensão. Para dar visibilidade a este título, organizações se juntaram e criaram no fim do ano passado o Prêmio Reserva da Biosfera do Pantanal.  As inscrições são feitas online e estão abertas até o dia 15 de abril.

O concurso é uma ação organizada pelo Comitê da Reserva da Biosfera do Pantanal, com apoio da Fundação Neotrópica do Brasil e Wetlands International Brasil em parceria com a Nature and Culture International – NCI, Instituto Internacional de Educação do Brasil – IIEB e Fundação Manoel de Barros, com gerenciamento de dados pela Produtora Natureza em Foco.

Essa é a primeira edição do prêmio, que busca demonstrar que é possível conciliar o uso produtivo da região pantaneira com preservação e sustentabilidade, de modo a fortalecer o equilíbrio econômico, social, cultural e ambiental, como recomendado pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Iniciativas dessa natureza contribuem para reduzir o impacto ambiental e o consumo de recursos ao longo do tempo, além da melhoria da qualidade de vida dos pantaneiros.

“Ter este título mostra que o Pantanal é uma região de grande importância e relevância socioambiental para a humanidade. A região merece este reconhecimento, seja pela biodiversidade, recursos humanos ou pela beleza que oferece”, avalia José Sabino, professor e diretor do Natureza em Foco. “Mas não adianta ter só o título, tem que ter ações de desenvolvimento sustentáveis. No mundo tem cerca de 700 reservas da biosfera. Na Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, por exemplo, há produtos artesanais e culinários produzidos que ganham selo, isso agrega valor e reconhecimento dessa área”, emenda.

Podem se inscrever na premiação iniciativas que contribuem para reduzir o impacto ambiental e o consumo de recursos ao longo do tempo, além das que propõem melhoria da qualidade de vida dos pantaneiros.

Duas categorias serão premiadas, fazendas sustentáveis e iniciativas comunitárias sustentáveis. Fazendas que estão localizadas na região do Pantanal ou áreas circunvizinhas que trabalham as boas práticas em suas fases produtivas. Também podem participar comunidades que buscam aliar a sustentabilidade em seu ciclo operacional. O primeiro lugar em cada categoria ganha R$ 8 mil e o segundo lugar R$ 4 mil.

“Produtos advindos das boas práticas sustentáveis são importantes porque mostram a qualidade do que é feito e agrega valor. Quem vem de fora pode pagar mais e para quem está dentro da cadeia produtiva melhora a autoestima, obtém mais ganhos, além da conservação da natureza. O pecuarista do Pantanal pode olhar e pensar que produz pouco, mas utilizam as boas práticas sustentáveis, não está usando os recursos naturais desenfreadamente, está usando com consciência”, exemplifica.

Para obter mais informações e realizar a inscrição acesse o link.