Iniciativa Impulsa Pantanal irá alavancar ações de conservação e protagonismo no bioma

Inicio » Noticias » Reservas de agua disponibles desde las montañas hasta el mar » Ríos y lagos » Iniciativa Impulsa Pantanal irá alavancar ações de conservação e protagonismo no bioma
Noticias

Lançada em 12 de novembro, data que se celebra o Dia do Pantanal, iniciativa Impulsa Pantanal prevê inúmeras ações de curto, médio e longo prazo.

“O Pantanal é regulado pelo pulso das águas. É esse ciclo de cheias e vazantes que o mantém e o torna único no mundo”, é assim que a diretora executiva da Wetlands International Brasil, Rafaela Nicola, explica a fonte de inspiração para a escolha do nome da Iniciativa Impulsa Pantanal. Trabalho que prevê esforços para a restauração, conservação e promoção de práticas sustentáveis para o bioma que é considerado a maior área úmida do planeta.

Considerando que o Pantanal passa por uma situação extrema, necessitamos entender os novos contextos e reagir à contento: os incêndios que atingiram níveis históricos afetando mais de 30% da região, um dos maiores períodos de seca já registrados. Além dos efeitos nefastos da pandemia com comunidades tradicionais perdendo seus sustentos e cada vez mais vulneráveis à contaminação.

Lançada em 12 de novembro, Dia do Pantanal, juntamente com o lançamento do livro “Pantanal à Margem da Lei” deu início a um ciclo de palestras e diálogos chaves para o Pantanal. A Impulsa Pantanal surge como resposta às demandas socioambientais desencadeadas pelo cenário que assola o Pantanal em 2020.

Se inspira na maior sensibilização da sociedade diante do tema, que se engaja em correntes do bem, ações solidárias, e, inclusive, acompanha e cobra mais ações do poder público.

A Iniciativa é desenhada a muitas mãos. Mupan – Mulheres em Ação no Pantanal, Wetlands
International são as idealizadoras e contam com apoio do Centro de Pesquisa do Pantanal (CPP), Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Áreas Úmidas (INAU), Instituto SOS Pantanal e Sesc Pantanal. Todo um esforço coletivo a fim de impulsar ações efetivas no Pantanal que garantam a qualidade para o meio ambiente e a manutenção dos modos de vida de populações locais, economias e cultura.

“Costumo dizer que é como um guarda-chuva. Serão diversas ações desenvolvidas que culminarão em um propósito único, de conservação do bioma e de fomento à resiliência das comunidades. Pontuando que o foco principal não é o assistencialismo por si só, mas, viabilizar mecanismos que tragam mais autonomia a quem vive na região”, afirma Áurea Garcia, coordenadora de políticas da Wetlands International Brasil e diretora geral da Mupan.

Com o propósito de fomentar as ações no território, a iniciativa reúne esforços de diversos atores envolvendo desde o setor privado, instituições de pesquisa, organizações não-governamentais a comunidades pantaneiras, chamando a sociedade civil para colaborar com as atividades.

Impulsa Pantanal prevê ações de curto à longo prazo no Pantanal brasileiro, nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, região fronteiriça com a Bolívia e Paraguai. Nesse cronograma estão previstas:

Ações emergenciais

Apoio com alimentos e itens de primeira necessidade para comunidades que ficaram ainda mais isoladas e desassistidas no Pantanal, com os incêndios e pandemia da Covid-19.

Ações de empoderamento local

Implantação de hortas de subsistência, acesso à água potável e melhoria das condições de resiliência das comunidades tradicionais, incluindo brigadas de incêndio comunitárias.

Ações de restauração ambiental

Recuperando as áreas degradadas pelo fogo e reestabelecendo as funções e serviços da natureza.

Confira ações já realizadas

Doação de equipamentos básicos para a ABINK – Associação de Brigadistas Indígenas da Nação Kadiwéu.

Lançamento do Livro Pantanal à Margem da Lei: Panorama das Ameaças e Perspectivas para a Conservação (confira aqui).

Diálogos Pantanal + Sustentável: uma série de quatro webinários que aconteceram nos meses de outubro e novembro trazendo para o diálogo temas importantes para a região como: fogo, turismo e pecuária sustentável. Os webinários foram realizados em parceria com a Agência de Desenvolvimento Regional Movimenta Pantanal.

Apoio emergencial para comunidades tradicionais: em uma primeira incursão nos territórios, para atender as questões emergenciais, foram entregues 550 cestas básicas às famílias que vivem na região do Pantanal. Os primeiros beneficiários foram comunidades indígenas das etnias Kadiwéu e Guató e do quilombo Família Ozório. Ação foi feita em parceria com o movimento O Pantanal Chama, SOS Pantanal, UniãoBR e Abink. Uma corrente do bem promovida entre os dias 16 a 23 de novembro, nos municípios de Porto Murtinho e Corumbá, em Mato Grosso do Sul.

 

Este conteúdo está disponível em formato pdf. Acesse aqui:
Versão português 
Versão espanhol
Versão inglês

 

Você também pode nos ajudar a alcançar esses objetivos, tornar o Pantanal mais pulsante e mostrar todo o #PoderdasÁreasÚmidas. Contamos com o apoio de todos, por meio de doações de qualquer valor acessando nosso site https://impulsapantanal.org